Quanto custa montar um provedor de internet?

O custo de montar um provedor de internet pode variar consideravelmente, dependendo de vários fatores, como o tipo de rede que você deseja construir, a escala do projeto, a localização geográfica, os equipamentos necessários e os custos de mão de obra.

Para ingressar nesse setor com maior segurança é fundamental realizar um planejamento detalhado e compreender os custos envolvidos na montagem de um provedor de internet. 

Continue lendo saiba com o que você precisa gastar para montar um provedor de internet.

Quanto custa a estrutura para montar um provedor de internet? 

Todo provedor de internet precisa ter uma infraestrutura adequada para fornecer serviços aos clientes. Isso inclui diferentes tipos de estruturas, como fibra óptica, rádio e telefone. 

Os custos envolvidos variam de acordo com o tipo de sinal oferecido, o número de clientes atendidos e a distância entre eles e a infraestrutura. Quanto maior a distância, maior o investimento necessário para garantir a entrega do sinal.

Para reduzir os custos com cabos de fibra óptica, uma solução comum é alugar uma infraestrutura pronta de outro provedor. Isso tem se tornado cada vez mais comum no setor.

Além disso, vários equipamentos também devem ser considerados no custo, tais como:

  • Distribuidor Geral Óptico (GDO): Responsável por distribuir o sinal óptico para diferentes pontos.
  • Rack: Utilizado para acomodar e organizar os equipamentos de rede.
  • Splitter: Divide o sinal óptico em múltiplos caminhos.
  • Baterias 220A: Fornecem energia de backup para garantir a continuidade dos serviços em caso de falhas de energia.
  • Caixas de distribuição: Utilizadas para conectar os cabos de fibra óptica e distribuir o sinal para os clientes.
  • Computadores e mobiliário: Equipamentos e móveis necessários para a operação e suporte do provedor.

Esses são alguns exemplos de equipamentos essenciais, mas a lista pode variar dependendo das necessidades e do porte do provedor. 

Quanto aos custos, eles podem variar consideravelmente dependendo da tecnologia de rede escolhida, tamanho da área de cobertura, quantidade de clientes e outros fatores. 

Quanto custa a licença para montar um provedor de internet?

Obter a licença Serviço de Comunicação Multimídia (SCM) é outro aspecto crucial para iniciar as atividades de um provedor de internet de forma legal. Essa licença é concedida pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no Brasil.

O custo estimado para obter a licença SCM é de aproximadamente R$ 9.000,00. É importante ressaltar que essa é uma estimativa e os valores podem variar ao longo do tempo. 

Vale destacar também que a licença SCM é obrigatória apenas para provedores que possuem mais de 5 mil assinantes. Para aqueles com um número menor de assinantes, é necessário apenas realizar uma comunicação à Anatel sobre a prestação do serviço, estando dispensados da licença formal.

É fundamental consultar informações atualizadas junto à Anatel e buscar orientação específica para entender os requisitos e os custos associados à obtenção da licença SCM, levando em consideração as regulamentações vigentes e a situação específica do provedor.

Quanto custa a equipe técnica necessária para montar um provedor de internet?

A composição da equipe do seu provedor de internet dependerá do tamanho da sua empresa. 

Os custos da equipe variam de acordo com os salários e benefícios oferecidos, bem como com a experiência e qualificações necessárias. 

É recomendável fazer uma análise detalhada das necessidades do provedor, determinar as funções necessárias e pesquisar os custos médios de contratação de profissionais qualificados em sua região. 

Também é importante considerar a possibilidade de terceirizar algumas funções, dependendo da viabilidade financeira. Aprenda a montar um provedor de internet em 9 passos neste artigo.

À medida que você atender a mais clientes, haverá uma demanda maior, o que pode exigir mais funcionários. No entanto, começar devagar, com uma equipe reduzida, pode ser uma estratégia sensata. Conforme o negócio se desenvolve, você terá a oportunidade de contratar mais colaboradores.

Equipe técnica necessária

Alguns profissionais que podem fazer parte da sua equipe, dependendo do porte do empreendimento, são: 

  • Engenheiro de Redes: Responsável pelo planejamento, projeto e implementação da infraestrutura de rede do provedor de internet.
  • Técnicos em Telecomunicações: Encarregados da instalação, manutenção e reparo dos equipamentos de rede e conexões.
  • Técnicos em Fibra Óptica: Especializados na instalação, fusão e reparo de cabos de fibra óptica, caso o provedor utilize essa tecnologia.
  • Administrador de Sistemas: Responsável pela gestão e manutenção dos servidores e sistemas utilizados pelo provedor.
  • Técnicos em Segurança da Informação: Encarregados de garantir a segurança dos dados e da rede do provedor, implementando medidas de proteção contra ameaças cibernéticas.
  • Suporte Técnico: Equipe responsável por atender os clientes, solucionar problemas de conexão, configurar dispositivos e fornecer suporte técnico geral.
  • Gerente de Projeto: Responsável por coordenar todas as etapas do projeto de montagem do provedor de internet, garantindo o cumprimento dos prazos e metas estabelecidos.

Invista na capacitação da sua equipe técnica

É importante investir na capacitação da sua equipe técnica e fornecer suporte para que eles façam cursos essenciais para atender melhor os clientes.

Além disso, não se esqueça de investir em cursos de segurança no trabalho, pois eles são fundamentais para garantir o bem-estar dos seus colaboradores.

Por exemplo, os cursos NR-10 (Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade) e NR-35 (Trabalho em Altura) são excelentes opções de investimento e até mesmo indispensáveis. Eles garantem que a sua equipe esteja devidamente preparada para lidar com os aspectos de segurança específicos do setor de provedores de internet.

Ao investir na capacitação da equipe técnica e fornecer treinamentos relacionados à segurança no trabalho, você estará contribuindo para um ambiente de trabalho mais seguro, além de proporcionar um atendimento de qualidade aos clientes do seu provedor de internet.

Quanto custa o investimento em marketing para montar um provedor de internet?

Para atrair clientes, é importante investir em estratégias de marketing. Os custos podem variar de acordo com a abrangência e o alcance das campanhas.

Uma boa forma de fazer isso é investimento em um Serviço de Valor Adicionado (SVA), que refere-se a qualquer prestação de serviço adicional à atividade de telecomunicações. Isso inclui empresas de telefonia fixa, internet fixa, telefonia móvel e internet móvel.

Vale a pena investir em SVA?

Na prática, o SVA se traduz nas vantagens oferecidas aos clientes ao contratar um provedor de internet, por exemplo, como acesso gratuito a armazenamento ilimitado de documentos, streaming de áudio e vídeo, antivírus e muitas outras vantagens. 

Esses benefícios são fundamentais para que os clientes escolham a sua empresa em vez da concorrência.

Uma das formas de aplicar o SVA é por meio de um clube de benefícios personalizado, adaptado à realidade do seu negócio e ao perfil do seu público-alvo.

Um clube de vantagens, como o da Lecupon, é uma estratégia inteligente que oferece uma rede de parceiros, agregando valor à função de provedor de internet e fornecendo serviços adicionais gratuitos ou em forma de promoções, descontos e ofertas exclusivas em outras empresas parceiras. Isso cria uma economia inteligente para os clientes e fortalece o relacionamento com a sua empresa.

Ao implementar um clube de vantagens, você está oferecendo mais do que apenas acesso à internet. Está fornecendo um conjunto abrangente de benefícios que tornam a experiência do cliente ainda mais satisfatória e diferenciada. Essa estratégia ajuda a fidelizar os clientes existentes e atrair novos, fortalecendo a imagem da sua empresa no mercado de provedores de internet.

Portanto, vale muito a pena investir em SVA.

Conte com a Lecupon para ajudar no marketing na sua empresa. Fale agora mesmo com a nossa equipe!

blank

Quer receber conteúdos gratuitos para atrair, reter e fidelizar os seus clientes?

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das melhores dicas e informações sobre aquisição, retenção e satisfação!

Opa! Seu material gratuito está disponível para você!

15 estatísticas de retenção de clientes para 2024