Skip links

Aprenda o que é comunidade digital e qual a sua importância

Já pensou em estreitar o relacionamento com seu público em uma comunidade digital?

Caso sua resposta seja: “não”, saiba que, em um mundo cada vez mais conectado, a empresa que não investe em diálogo nas redes sociais, está perdendo a chance de engajar e fidelizar seus clientes. 

Isso porque, o mundo virtual é uma parte cada vez mais presente na vida das pessoas, sendo improvável que sua importância diminuirá no futuro.

Uma pesquisa de 2020, encomendada pelo Facebook revelou que um número crescente de pessoas encontrando significado e um senso de pertencimento em grupos essencialmente online.

O estudo feito foi realizado em vários países com cerca de 15 mil pessoas, no qual 77% dos entrevistados dizem que o grupo mais importante do qual fazem parte agora opera online. 

Ainda, 98% das pessoas que pertencem a um grupo online dizem que têm a sensação real de pertencimento, ainda que virtualmente.

Banner_Experiência_do_cliente_Lecupon

O que é comunidade digital?

Assim como o próprio nome diz, uma comunidade digital é um espaço virtual no qual pessoas que compartilham dos mesmos interesses, interagem entre si. 

Por exemplo, um número de pessoas que se conecta a uma comunidade digital de uma novela ou série, pode acompanhar o desenvolvimento da trama, opinar e comentar suas percepções. 

Muitas vezes, essas interações têm o poder até mesmo de mudar o rumo da história, caso o autor decida escutar a voz do público.

E quando se trata de uma comunidade digital de um produto ou serviço, a interação acontece da mesma forma. Toda essa troca de informações, se tornam dados úteis para entender quem é sua persona e o que ela deseja da sua marca.

Tendência na comunicação

Principalmente com a pandemia da Covid-19, as pessoas estão cada vez mais interessadas na cultura empresarial das marcas que consome.

Para isso, ter uma comunidade para auxiliar na construção e aumentar o valor percebido da marca é uma estratégia de marketing essencial para sua empresa.

Pois, por meio dela, é possível apresentar os valores e propósitos da organização, por meio das redes sociais. 

Além disso, a comunidade digital permite que você conheça mais de perto sua persona e obtenha insights valiosos para a criação de produtos ou serviços, tendo menor chance de errar.

Por que criar uma comunidade digital?

Se você ainda não está convencido da importância dessa tendência, vamos apresentar alguns dos principais benefícios das comunidades digitais para os negócios.

Vantagens para os clientes

Os membros de uma comunidade virtual tendem a construir um vínculo com outros clientes e também com a marca por meio da sua interação em relação a um assunto de interesse comum, trocando informações, expressando novas ideias e sugerindo soluções.

E quando a empresa atende essa demanda, ele se sente valorizado, tornando-se um cliente fiel.

Ainda, os usuários procuram amizade nas comunidades virtuais pelo fato desse ambiente possuir grandes chances de conhecer pessoas com os mesmos gostos e interesses.

Vantagens para as empresas

Além de estreitar laços e possibilitar ideias de melhorias para o seu negócio por meio de diálogos, contar com uma comunidade virtual também atrai novos consumidores.

Isso acontece pelo fato de quando uma pessoa busca consumir um produto ou serviço, a comunidade virtual é um espaço no qual consumidores podem sanar suas dúvidas sem precisar buscar seu serviço de suporte ao cliente, por exemplo, e interagir com outros usuários, algo que influencia fortemente na decisão de compra.

Exemplos de empresas que têm comunidades digitais

Lego

A comunidade digital “Lego Ideas” é voltada para fãs designers mostrarem seus próprios conceitos para outros fãs admirarem, discutirem, compartilharem e votarem em seus favoritos. Se a proposta for aprovada por 10 mil membros da comunidade, a empresa avalia se consegue produzir ou não, o conceito.

Dewalt

Empresa que fabrica ferramentas elétricas, a Dewalt conta com uma comunidade com mais de 10 mil clientes que participam de ações como workshops para encontrar novos insights para proporcionar melhorias na experiência dos consumidores com seus produtos.

SalesForce

A empresa criadora do CRM Sales Cloud (software de relacionamento em nuvem) criou a comunidade de TrailBlazers com o objetivo de formar 5 milhões de aprendizes que se tornassem aptos para ocupar vagas na empresa.

Ela também possui a Salesforce Communities, plataforma online que permite a interação entre colaboradores, clientes, parceiros, fornecedores e distribuidores.

Wikipédia

Trata-se de uns principais exemplos de comunidade digital.

Isso porque, a Wikipédia nada mais é que uma enciclopédia livre, na qual o seu conteúdo pode ser utilizado, copiado, modificado e distribuído por qualquer um, para qualquer fim pelos usuários.

Como criar uma comunidade digital?

Se você chegou até aqui, mas ainda não sabe como criar uma comunidade digital para a sua empresa, vamos te apresentar os principais passos para atingir os resultados esperados!

Defina o objetivo

Esse é o primeiro passo para criar uma comunidade digital. Reúna seu time de marketing e define se o objetivo é vender mais, se é conhecer melhor a persona e como ela entende sua marca, ou então fortalecer a marca diante dos concorrentes, dentre outros.

Após definir o objetivo, você terá maior chance de não errar nas ações e estratégias de atuação na comunidade, deixando o cliente satisfeito.

Defina a cultura da sua marca

Para determinar o propósito e os valores que vão direcionar a comunidade, antes é preciso definir os valores, a missão, o tom de voz e quais os benefícios que a comunidade virtual irá proporcionar para os clientes. 

Com a cultura organizacional definida, será possível criar os assuntos a serem discutidos, a linguagem utilizada, a forma de interagir e moderar a comunidade gerando um relacionamento mais próximo além de maior engajamento entre consumidores e empresas.

Produza conteúdos relevantes

Procure produzir conteúdos educativos relevantes como: posts interativos nos quais o cliente pode fazer perguntas, enquetes, respeitando o tópico anterior, ou seja, o posicionamento da marca e objetivo da comunidade.

Ainda, é preciso ter em mente que produzir conteúdo não é falar só da sua marca o tempo todo, mas sim, materiais que vão responder dúvidas e informar sua persona.

Por fim, lembre-se que não são somente os consumidores que buscam tirar dúvidas, mas a empresa deve estar constantemente em busca de respostas. 

Por isso, sua comunidade virtual deve proporcionar debates que de fato irão agregar  para a melhoria de seus produtos ou serviços. 

Logo, é preciso criar um ambiente virtual confortável e confiável, no qual o cliente possa expressar suas ideias sem ser ignorado, mas, sim, escutado e atendido.

Agora que você já entendeu os benefícios das comunidades virtuais para a sua empresa, não deixe de ler também sobre marketing de comunidade!

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.