Skip links
O que é White Label

Aprenda mais sobre o que é White Label para considerar a solução para sua empresa

Já imaginou contar com um sistema totalmente pronto e customizado especialmente para o seu negócio? Parece algo distante da realidade, mas acredite… é possível! Entender o que é White Label pode ajudar você a encontrar empresas que ajudam a ressignificar tecnologias.

No mercado atual, aderir ao conceito White Label é terceirizar o desenvolvimento de tecnologias sem perder a sua personalização, economizando nos custos de criação ao mesmo tempo que mantém sua marca em evidência.
Nova call to action

O que é White Label?

Mas, afinal, o que é um modelo de negócio White Label? Basicamente, é um conceito de mercado que consiste na terceirização de serviços ou produtos sem “marca”, ou seja, desenvolvidos para que outras empresas possam personalizá-los ao adicionar a sua identidade visual.

Esse modelo de negócio é utilizado em diversos setores, sendo uma prática realizada em modelo B2B. Assim, ao aderir um serviço ou produto por modelo White Label, a empresa contratante pode revendê-los como sendo seus. 

Por exemplo, se tratando de tecnologia, é como se uma empresa detivesse de uma plataforma de e-commerce própria e única, porém, com toda sua parte técnica e estrutural desenvolvida por outra empresa. 

É comum observar o modelo White Label presente em empresas que desejam obter certos recursos operacionais, mas não conseguem investir na produção interna, por isso, optam por contratar uma companhia que desenvolva e customiza o serviço. Atualmente, esse conceito é muito utilizado no mercado para criação de estruturas organizacionais, considerando os benefícios mútuos entre contratado e contratante. 

Qual a origem do White Label?

De acordo com sua tradução literal, White Label significa “rótulo branco” e é chamado assim por se tratar da venda de serviços “sem marca” que serão personalizados de acordo com a marca que os adquiriu. Essa expressão faz jus ao seu conceito e tem uma origem bem interessante.

Há muito tempo, no início dos anos 80, a explosão do Hip Hop promoveu o surgimento de DJs em boates e casas de shows. Nesses eventos, músicas de diversos artistas renomados eram usadas por DJs em suas mixagens de forma ilegal. Se aproveitando do sucesso das produções mixadas e visando aumentar o alcance das músicas, as gravadoras começaram a enviar CDs aos DJs e permitir o uso das músicas em seus shows.

A partir disso, os DJs criavam, nas mixagens, versões próprias das músicas de outros artistas. Nesse cenário, surgiu o termo “faixa branca”, ou melhor, White Label. Com o passar do tempo, essa expressão tomou espaço no mundo dos negócios, ressignificando-se como a comercialização de sistemas “em branco” prontos para personalização e sem divulgação dos seus direitos autorais.

Como funciona o White Label?

De modo simplificado, funciona como uma permissão de uso, possibilitando uma empresa usar sua marca em um produto desenvolvido por outra empresa.

Dessa forma, a estrutura operacional, a plataforma e a parte logística ficam por conta da empresa desenvolvedora. Enquanto isso, a empresa que contrata o serviço aplica os aspectos da marca e os administra. Esse processo acontece no “off”, isto é, por ser personalizado, o serviço parece ser todo produzido pela marca que leva seu nome.

O modelo White Label, em sua maioria, acontece em ambientes e-commerce e de natureza digital. Dessa forma, moldes de softwares, plataformas em web sites e sistemas de vendas podem ser customizados e redistribuídos. Assim, a ferramenta de uso é comercializada já testada e pronta para o uso, facilitando sua adesão e economizando nos custos de produção.

Plataformas White Label

Aderir a esse modelo de negócio significa a ampliação de serviços e a otimização de criação de ferramentas que auxiliem a jornada nas empresas. As plataformas White Label são criadas, em primeiro momento, partindo de um modelo padrão. Para ser revendido a uma marca, a interface da plataforma é customizada, visando atender às demandas e necessidades do serviço.

Isso pode ocorrer em diversas áreas no mercado, desde a criação de aplicativos personalizados, lojas virtuais, clubes de benefícios,  até a oferta de conteúdo digital, como textos e e-books. Além de designar a criação das plataformas, algumas empresas optam por deixar também a manutenção dos softwares com as desenvolvedoras. Dessa forma, uma mesma empresa pode desenvolver diversas plataformas e software direcionados a várias áreas de atuação.

Nesse meio, destacam-se, principalmente, as plataformas de e-commerce, isto é, sistemas próprios para comércio eletrônico. Muitas empresas desejam focar seus esforços apenas na precificação, marketing e atendimento dos seus serviços, por isso, terceirizam a criação e manutenção da sua plataforma de vendas.

Como funciona o Private Label?

Para começar a gerenciar o seu próprio negócio é preciso uma dose de estratégia e administração. O sucesso da marca depende de quanto se está disposto buscar cortar custos e aumentar os lucros, por isso, o modelo Private Label, que em português significa “Marca Privada”, pode ser uma excelente alternativa.

O Private Label é uma forma de terceirizar a fabricação de produtos e, assim, possibilita que empresas possam criar uma marca própria utilizando produtos e estruturas de outras demais empresas especializadas. Esse sistema funciona tanto como uma parceria entre duas empresas com objetivos em comum, quanto para clientes que desejam comprar de forma mais acessível e ágil. 

Por que investir em marca própria?

Os benefícios de investir em um modelo Private Label são muitos, em especial podemos citar a facilidade de comercialização, já que toda a produção e desenvolvimento dos produtos é realizado por empresas terceirizadas, deixando apenas a comercialização por conta da marca própria.  

Outra parte boa de possuir um modelo Private Label é sua exclusividade. Ou seja, é possível obter produtos únicos utilizando sistemas de marca própria. Isso acontece porque mesmo que os produtos sejam fabricados por empresas terceirizadas, o seu grau de exclusividade não se altera. Dessa forma, é possível que os produtos sejam fabricados de forma diferenciada e autêntica, mesmo que não sejam produzidos pela mesma empresa que os revende.  

Qual a diferença do modelo para o sistema de franquias?

Uma dúvida que se instaura, se tratando de White Label, é como esse modelo de negócio se diferencia das ditas franquias convencionais. De fato, os dois modelos são bastante semelhantes, porém, são distintos no quesito financeiro e burocrático. 

Podemos citar, como principal exemplo, o fato das white label exigirem apenas a taxa do direito de uso do serviço como aspecto para adesão. Em contrapartida, as franquias são recheadas de trâmites burocráticos, contando com diversas tarifas periódicas e engessamento dos seus processos. 

Além disso, dentro de uma franquia convencional, os modos de operações são padronizados, submetendo os franqueados a adquirir determinados equipamentos, pagar certas taxas e manter alinhamento com a rede de franquia. 

O processo de aquisição e o direito de uso são aspectos que devem ser destacados no momento de comparar uma rede de franquia com um modelo White Label. Portanto, embora semelhantes, esses modelos são distintos devido a fatores primordiais.

Quais as vantagens de contar com um app white label?

O principal benefício de uma plataforma White Label é a economia de custos e sua ágil adesão. Isso acontece pois, para uma grande empresa, é mais vantajoso aderir a uma plataforma já pronta do que investir seus recursos e contratar especialistas na sua produção. O tempo e o dinheiro que seriam aplicados na criação de um aplicativo, software ou plataforma é economizado, terceirizando a função.

Se distanciando um pouco do âmbito digital, o White Label também atua no setor alimentício e industrial. Isso ocorre quando os produtos fabricados por uma certa instituição são revendidos por outra empresa e distribuídos de uma forma própria, isso gera lucro pois a marca que comercializa os produtos não se responsabiliza pelos custos de sua produção.

Outro ponto a se destacar no formato White Label é o benefício do total poder sobre o produto ou serviço adquirido pelo contratante. Diferentemente dos modelos de negócio comuns, o White Label permite que a empresa possa observar a relevância da plataforma ou serviços diante ao público antes de adquiri-los. 

Isso ocorre pois a empresa desenvolvedora vende seus serviços a diversas outras empresas, com isso, é possível observar como o serviço reage em vários setores, analisando seus feedbacks e seus impactos. Por exemplo, por meio da análise de métricas e níveis de satisfação, uma empresa pode prever como um serviço pode impactar a prospecção dos seus clientes

Basicamente, o White Label existe para facilitar o fluxo de mercadorias e serviços, terceirizando recursos específicos e otimizando processos. A maior vantagem do modelo White Label é sua capacidade de personalização e agilidade de entrega, atuando como um formato padrão, barato e rápido.

Redução de custos

Dentro de um sistema White Label, a empresa que o utiliza recebe um modelo pronto para uso próprio. Com isso, o cliente economiza nos gastos em relação a custos de fabricação e tecnologias para pesquisa e melhoria. 

Mão de obra especializada

Ao utilizar um modelo White Label, além da segurança em obter mão de obra dedicada especialmente ao produto fabricado, existem menos riscos de implementação, pois com uma plataforma desenvolvida por profissionais as chances de problemas técnicos são menores.

Otimização de processos e recursos

A facilidade do sistema White Label está na possibilidade da adição de softwares e tecnologias diretamente de seus desenvolvedores, deixando responsável somente apenas a parte conteudista para a empresa que adquire o modelo. Afinal, trata-se de uma opção em que você adotará um modelo já testado e aprovado, assim facilitando o processo.

Suporte para melhorias e adaptações

Em um sistema White Label, a responsabilidade por qualquer melhoria ou adaptação vai da necessidade da empresa a qual adquiriu o serviço, ou seja, as empresas que vendem serviços e produtos White Label ficam responsáveis por garantir suportes a seus clientes.

Agilidade na entrega

Se tratando de um sistema que é criado de forma ‘’genérica’’, o White Label se destaca por sua agilidade e rápida entrega. Sendo um modelo pronto para personalização, ele se faz ágil na sua entrega e sai na frente como uma opção vantajosa.

Ampliação da carteira de produtos

Como dito antes, o modelo White Label é marcado por sua redução de custos e facilidade de aquisição, por isso, a ampliação da carteira de produtos é uma vantagem quando falamos de aumento de vendas de uma empresa, uma vez que uma oferta maior de produtos gera crescimento nas vendas.

Liberdade para definir os preços

Tendo em mãos uma forma de revender produtos com baixo custo e sem preocupação com sua fabricação, a empresa que adquire produtos e serviços White Label tem a liberdade para definir seus próprios preços na revenda dos serviços. 

Diminui os riscos de implementação

Por obter mão de obra especializada em um formato White Label, a criação e  manutenção de produtos é facilitada, com isso, o risco de ter que obter implementações futuras a serviços é baixo. Esse fator ocorre por se tratar de técnicas e serviços manejados por profissionais, o que reduz a possibilidade de acontecer imprevistos técnicos.

Dicas para ter sucesso no White Label

O sucesso em um mercado com soluções White Label é como qualquer outro. Assim, é preciso ter cuidado quando se está procurando uma empresa para atuar como parceira na sua marca própria. Dessa forma, sempre procure consultar a reputação dos serviços, buscando sempre manter uma rígida verificação quando cogitar uma proposta comercial

Nesse cenário, é importante que a empresa interessada em serviços White Label realize pesquisas aprofundadas em canais de reclamações, redes sociais e cheque as demonstrações financeiras da empresa cotada. Isso serve para que não haja surpresas desagradáveis no futuro e, consequentemente, gere possíveis transtornos. 

Pensando nisso, é necessário que a empresa que busca por um serviço White Label saiba todos os trâmites legais para realizar tal tarefa. Por isso, é de extrema importância manter os registros e transições autenticados em cartório, para que a empresa esteja segura em caso de desacordo com alguma das partes. 

A segurança que o White Label transmite é acerca de sua qualidade e comprobabilidade, por isso, busque sempre serviços com históricos positivos e que sejam próximos do seu nicho de comércio. Outro ponto a ser considerado antes de colocar no mercado um produto ou serviço, é fazer testes internos para que você possa ter certeza que a solução atende as expectativas do seu negócio.

Por que ter um clube de vantagens White Label?

Um clube de vantagens White Label é a perfeita solução para quem procura facilidade e personalização em um só serviço. Atualmente, existem muitas plataformas de programas de fidelização de clientes White Label prontinhos para serem customizados pelas empresas que os contrata. 

Um exemplo prático são os apps White Label, os quais possibilitam a criação de um programa de fidelização totalmente customizado, sendo possível ter as regras, ofertas e incentivos personalizados pela marca própria.

As vantagens de possuir um clube de vantagens são inúmeras, tanto para empresas quanto para clientes. Porém, possuindo um programa de fidelidade em moldes white label, a empresa pode contar com a facilidade de usufruir de um sistema ‘’em branco’’ pronto para atuar na retenção de clientes. 

É fato que os modelos White Label têm contribuído cada vez mais para que haja mais oportunidades em áreas de comércio e revenda, embora o serviço também seja muito utilizado em e-commerces. Assim, quando se adquire um molde White Label, é possível ter controle sobre suas formas de trabalho, incluindo soluções práticas e gerando facilidade.

Viu como é fácil obter uma marca de sucesso e com a exclusividade que você necessita? Para saber sobre economia inteligente, acesse nosso artigo e conheça mais sobre a Lecupon.

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.