Skip links

Por que investir em benefícios flexíveis para a minha empresa?

Os benefícios flexíveis são vantagens extras oferecidas aos colaboradores para além dos determinados por lei, como o 13º e as férias, e o salário líquido.

A gestão de benefícios flexíveis tem crescido no Brasil. Nos últimos anos, ela tornou-se um diferencial para as empresas que buscam oferecer bem-estar e qualidade de vida como forma de aumentar a retenção de talentos.

Além dos colaboradores, há como apostar neste princípio para diminuir a perda de clientes.

Nova call to action

O que são benefícios flexíveis?

Os benefícios flexíveis são vantagens oferecidas aos trabalhadores que podem ser negociados e adaptados conforme as necessidades e os desejos dos colaboradores. 

Eles são uma tendência mundial, geralmente são controlados por pontos e cada pessoa tem a liberdade de usar como achar melhor.

Há uma rede de parceiros para contemplar um amplo cardápio com variedade de ofertas, para adequar aos vários perfis, faixas etárias, gostos pessoais e gêneros dos trabalhadores.

Com essa amplitude nas ofertas, as empresas conseguem aumentar o sentimento de importância e pertencimento dos colaboradores. O que gera engajamento e satisfação.

Os clubes de benefícios são alternativas para essas ofertas. É um clube que oferece diferentes vantagens econômicas para os colaboradores, garantindo economia inteligente e melhor rendimento dos salários.

Qual a principal diferença entre benefícios flexíveis e fixos?

A grande diferença entre benefícios flexíveis e fixos está no modo de utilizá-los. Enquanto no primeiro caso, os colaboradores podem variar o uso do montante de dinheiro oferecido, no segundo ele o destino dos recursos financeiros são condicionados pela empresa.

Por exemplo, supomos que o montante total financeiro oferecido para o uso de benefícios para cada colaborador é de 600 reais.

Nos benefícios flexíveis, a escolha de como utilizar esses 600 reais será individual, conforme as empresas e produtos oferecidos pela empresa ao colaborador.

Já nos benefícios fixos, o setor de Departamento Pessoal — ou o Financeiro — faz uma distribuição determinada para a quantidade de recursos e fins: R$ 250 para uso em restaurantes, R$ 250 para uso em supermercados, R$ 100 para uso em postos de gasolina, por exemplo.

Dentre os benefícios fixos, que são obrigatórios por lei estão:

  • vale-transporte;
  • férias;
  • abono de férias;
  • 13º salário;
  • folga semanal remunerada;
  • contribuição sindical;
  • salário família;
  • licença maternidade;
  • aposentadoria;
  • seguro de acidente de trabalho;
  • auxílio doença.

Já os benefícios flexíveis, que tem como objetivo ajudar os empregados a otimizarem seu salário base e podem variar conforme a empresa, são:

  • vale alimentação;
  • vale-refeição;
  • empréstimo;
  • adiantamento salarial;
  • assistência médica odontológica;
  • cesta básica;
  • bolsa de estudo;
  • área de lazer;
  • horário flexível;
  • dentro outros.

Quais as vantagens de adotar os benefícios flexíveis?

Ao diversificar a carteira e dar opção para que os colaboradores escolham a forma como poderão gastar seus benefícios, a empresa conecta de forma diferente com seus funcionários.

O clima no ambiente de trabalho está diretamente ligado ao relacionamento entre empresa e colaborador. Quando há flexibilidade e possibilidade dos colaboradores se sentirem mais autônomos e independentes, o sentimento de confiança aumenta, melhorando a relação com a marca.

Segundo pesquisa do Glassdoor, 57% dos colaboradores se sentem felizes com seus diversos benefícios, o que impacta positivamente na retenção de talentos.

As vantagens em flexibilizar os benefícios variam, os principais são:

  • desenvolvimento do sentimento de autonomia dos trabalhadores;
  • melhor relacionamento entre funcionários e a empresa;
  • possibilidade de desvendar melhor os perfis e características dos colaboradores;
  • atração e retenção de talentos;
  • maior liberdade de como gastar o benefícios;
  • aumentar a satisfação e motivação dos colaboradores.

Quais são os tipos de benefícios flexíveis?

Existem diferentes tipos de oferecer benefícios flexíveis para os colaboradores — e em alguns casos até para os clientes da empresa.

Para oferecê-los, é possível recorrer a diferentes alternativas.

Cartão de benefícios flexíveis

Os cartões de benefícios flexíveis se tornaram excelentes ferramentas para facilitar a disponibilização dos recursos para os colaboradores.

Existem diferentes cartões que possibilitam esse recurso para as empresas. Em um único cartão — que é utilizado na opção de crédito, como um cartão comum — é possível reunir os benefícios como VR, VA, VT, vale cultura, vale música, vale farmácia e muito mais.

A gestão do recurso fica sob a responsabilidade de cada colaborador, que pode gastar o montante conforme necessário.

Clube de benefícios

Investir em um clube de benefícios — ou clube de vantagens — é uma alternativa para a empresa oferecer um diferencial competitivo no mercado.

Em vez de funcionar como um local de gasto dos benefícios tradicionais, esses clubes são uma rede de parceiros que oferecem cupom de desconto e benefícios exclusivos para os seus associados.

Para os colaboradores, a empresa possibilita uma maneira de otimizar ainda mais o seu salário. Já para os clientes, os clubes de benefícios podem ser um recurso para a fidelização.

Ou seja, é uma alternativa que pode atuar em duas frentes: colaboradores e clientes finais. Dessa forma, é possível reter consumidores e talentos.

Vale cultura

Esse benefício está associado ao Programa de Cultura do Trabalhador, instituído pela lei 12.761/12. Representa uma quantia de R$ 50,00 mensal, depositada para o colaborador no intuito de ser gasto na compra de livros, DVDs, ingressos para teatro, cinema, show ou outros eventos culturais.

O Vale cultura pode ser oferecido para os colaboradores de carteira assinada e pago em um cartão e, assim como o vale alimentação, é cumulativo.

Previdência Privada

A previdência privada tem ganhado mais conhecimento por parte dos brasileiros nos últimos anos. Ela é uma alternativa para proporcionar vantagens para quem está pensando no seu futuro, como na aposentadoria.

Ela atende às necessidades de profissionais de todas as idades, adaptando-se à realidade de cada. Por isso, ela é uma alternativa atraente para quem busca reservar algum dinheiro.

Vale combustível

O valor do combustível tem variado muito nos últimos meses — e deixado muitas pessoas com o cabelo em pé e a carteira vazia.

O vale combustível é oferecido para profissionais que precisam se deslocar até o ambiente de trabalho, a fim de evitar o transporte público. Algumas empresas já oferecem a possibilidade de escolher entre o vale-transporte e o vale combustível.

Auxílio educação

Investir em educação é uma maneira de garantir o crescimento do profissional em conhecimentos técnicos e apurados para o desenvolvimento na carreira na empresa.

Muitas empresas já começaram a custear parte desse crescimento acadêmico dos colaboradores por meio do auxílio educação — ou pelos clubes de vantagens que oferecem descontos em cursos e faculdades.

Auxílio creche

Para muitas pessoas que têm filhos, é difícil conciliar o trabalho e a sua vida familiar. Por isso, ter um auxílio creche é importante para garantir a segurança das crianças enquanto as pessoas estão trabalhando.

Como implantar os benefícios flexíveis na empresa?

Nas empresas, a implementação dos benefícios flexíveis é responsabilidade do RH junto ao setor de contabilidade. Para utilizar a estratégia de clube de benefícios, porém, é preciso envolver o setor de sucesso do cliente e o marketing.

Não existe uma lei específica no Brasil sobre benefícios flexíveis. As regras para essa beneficiação estão vinculadas ao artigo 468 da Consolidação das Leis Trabalhistas:

“Nos contratos individuais de trabalho só é lícita a alteração das respectivas condições por mútuo consentimento, e ainda assim desde que não resultem, direta ou indiretamente, prejuízos ao empregado, sob pena de nulidade da cláusula infringente desta garantia.”

Existem vários motivos para apostar nos benefícios flexíveis na sua empresa, principalmente para aumentar a retenção de talentos.

Porém, para além dos colaboradores, é possível garantir a satisfação dos clientes, por meio de uma estratégia de clube de benefícios para empresas!

Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.